Dormir de bruços é a pior posição de todas. Compreenda o motivo e os riscos!

dormir-de-brucoApesar de ser considerado uma das posições que as pessoas mais gostam, dormir de bruços faz muito mal a sua saúde. Isso porque acaba forçando a região lombar e cervical, além de deixar o pescoço completamente tracionado e rotacionado, causando desgaste e tensão em nervos e músculos.
O resultado disso: dores de cabeça, torcicolo e, eventualmente, redução na amplitude dos movimentos do pescoço. Mas se você não consegue evitar a posição, o quiropraxista Jason Gilbert aconselha usar travesseiros com no máximo quatro dedos de altura, para diminuir os riscos. Dormir de bruços coloca uma certa pressão sobre as costas e espinha, de acordo com informações divulgadas pela clínica Mayo. Isso ocorre porque é justamente nessa região onde se encontra a maior parte do peso. Dessa forma, fica difícil para a coluna manter uma posição neutra enquanto o corpo está deitado nessa posição. Esse estresse sobre a coluna vertebral aumentará o estresse sobre todo o resto da estrutura, pois se trata de um trajeto para os nervos, o que poderá causar dores em qualquer lugar do corpo.Outro risco relevante é o pescoço. A menos que você descubra alguma forma de respirar através do travesseiro, a cabeça precisa ficar virada para o lado enquanto você dorme de bruços. Isso fará com que cabeça e coluna saiam fora do alinhamento, torcendo o pescoço. Eventualmente, isso poderá causar problemas de hérnia de disco. A tradicional posição lateral é a mais indicada pelos especialistas, já que permite um alinhamento perfeito da coluna, formando um ângulo de 90º entre as pernas – sempre colocando um travesseiro entre elas para melhor estabilização. Contudo, se mesmo assim você não consegue evitar dormir de bruços, as alternativas recomendadas incluem o uso de travesseiros menos angulares na cabeça e pescoço, colocar um travesseiro sob o quadril – o que ajudará a diminuir o peso na coluna – e realizar alongamentos no período da manhã, para alinhar o corpo e fortalecer os músculos.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo