Araguanã: Vereadores aumentam seus salários, do prefeito, vice e secretários, em Zé Doca não foi diferente foi exorbitante

No pequeno município, se aprovado o projeto, o prefeito receberá mais de 17 mil reais, o vice mais de R$ 8 mil, os secretários 4 mil reais e os vereadores R$ 5,5.
O município tem 14 mil habitantes, e o prefeito aumenta o salário para 17 mil reais.
Em tempos de crise outro absurdo vem da pequena cidade de Araguanã, de aproximadamente 14 mil habitantes, localizada na região do Alto Turi, a 247 km de São Luís. A Câmara de Vereadores votaram na ultima quarta-feira (21) o Projeto de Lei que fixa os subsídios do prefeito, vice-prefeito, secretários municipais e vereadores para a legislatura de 2017 a 2020.
Segundo o teor do projeto (cópia acima ), o salário do prefeito reeleito Valmir Belo Amorim, do PR, saltará de R$ 12.440,00 para R$ 17.600,00. O vencimento do vice-prefeito, José Wilson Silva Brito Filho (PSDB) passará de R$ 6.220,00 para R$        8.800,00. Ainda se aprovado a íntegra da redação do projeto, todos os secretários municipais que hoje recebem R$ 3.000,00 a partir de janeiro embolsarão R$ 4.000,00. E por fim, os 9 (nove) vereadores terão saltos em seus ganhos, dos atuais R$ 5.000,00, para R$ 5.500,00.
O curioso é que o prefeito Valmir por onde anda é ‘chorando miséria’, alega que por conta da crise financeira que assola o País, a situação da finança araguanense é critica. Mas como se vê, o discurso do republicano não condiz com as suas práticas, vez que o gestor quer aumentar o próprio salário e dos demais agentes públicos municipais em mais de 40%.
O pior é que no final das contas quem paga a conta é sempre o povo!!!
Fonte: www.domingoscosta.com.br

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo