Ex-Prefeito Dr. Alberto Carvalho, Ex-gestão Natim Sampaio Vs Josinha Cunha

Resultado de imagem para alberto carvalho gomes"Certa vez, algumas pessoas me perguntaram se eu iria mudar, estando como prefeito. E eu disse: 'No final do meu mandato, eu vou dar uma entrevista e vocês é que vão analisar e dizer se eu mudei.'". 
Faltando 'um' dia para que a candidata eleita Josinha Cunha (PR) assumisse pela primeira vez a Prefeitura de Zé Doca-Ma, o ex prefeito Dr. Alberto Carvalho Gomes deu uma entrevista exclusiva. Nela, foi abordado as principais 'dificuldades' encontradas desde o início de sua gestão, até 31 de dezembro, de 2016, como também, como as 'conquistas' para o município.
1Quais as principais dificuldades encontradas durante sua gestão? Quando chegamos na prefeitura, a grande dificuldade foi que não encontramos nenhuma informação a respeito da gestão anterior. Quando nós ganhamos as eleições, solicitamos fazer a transição de governo para nos nortearmos e não tivemos esse privilégio. Os primeiros meses da administração foram terríveis! Porque não tínhamos nenhuma informação. Mas com muita luta, muito trabalho, conseguimos organizar cada secretaria. Só nisso, tivemos uma perda de 4 a 6 meses. Quando partirmos para buscar projetos a nível de governo estadual e federal, foi outra grande dificuldade, porque todas as obras em Zé Doca estavam inadimplentes, junto ao CAUC – Cadastro Único de Convênios. Tudo o que buscávamos e conseguíamos, tínhamos dificuldades em efetivar devido estas restrições. Sempre tínhamos que recorrer à Justiça Federal, em busca de liminares que venciam a cada três meses. E assim aconteceu durante os três anos de nossa administração. Assim que assumi a prefeitura, estava cheio de sonhos e projetos. Mas, quando percebemos a verdadeira realidade foi desanimador. Só fomos dar os primeiros passos, após 1 ano. O que é diferente da próximo gestora. já fizemos PROCESSO DE TRANSIÇÃO, inclusive de todas as secretarias. Fizemos também o tombamento de tudo o que conseguimos e repassamos a equipe da próxima administração.
2. Como médico, qual o seu maior legado do seu governo para na área da saúde
R= Mesmo com todas as dificuldades, conseguimos 3 ambulâncias, onde duas ficaram em Zé Doca e uma em Nova ConquistaMas o mais importante legado, na área da saúde, sem dúvida alguma é nossa UPA – Unidade de Pronto Atendimento/24hDe Bacabal a Gurupi, essa foi a única gestão a conseguir obra de tamanha importância, na região do Alto Turi. A população de Zé Doca perceberá como a qualidade no atendimento da saúde mudará. É importante dizermos que devido ao atraso no repasse da segunda parcela da obra, não conseguimos concluí-la. Mas deixamos recurso na conta do convênio (R$ 1. 834. 722, 44) para que a nova gestão dê continuidade. 
Conseguimos 4 UBS – Unidade Básica de Saúde (Tipo B).


A UBS do Josias e do Quadro já entregamos. E a UBS do Bairro Paxiúba e do Centro está em fase de conclusão e, também, deixamos recurso em caixa para serem concluídas. UBS do JosiasUBS do Quadro:



Então, eu como prefeito, na área da saúde é um legado que irei deixar". (Alberto Carvalho Gomes, 2016). 3. Quais avanços foram feitos para a valorização do servidor públicoCumprimos o Plano de Cargos, Carreiras e Salários do Magistério; fizemos Concurso Público; aprovamos o Plano de Cargos, Carreiras e Salários dos Agentes de Combate as Edemias; dos Agentes de Saúde; e da Guarda Municipal4. Quais os principais avanços na área da EducaçãoPoucas pessoas sabem, mas estamos construindo no povoado Ebenézia um Complexo Educacional com 12 salas climatizadasquadra de esporte, laboratório de informática bibliotecaNo Quinto Braço, também estamos construindo uma Escola com 6 salas e outra no Rio do Sangue, com 4 salas. E todas as Escolas são padrão FNDEUma das coisas que muito me chocou na área da educação, foi um levantamento que fizemos de todos os pequenos colégios e constatamos que alguns são de Taipa. Foi solicitado ao FNDE a melhoria de todos. Infelizmente, só liberaram recursos para os maiores. Já para os menores, não foram liberados. Referente a isso, buscamos junto ao atual Governo do Estado convênios para a construção das escolas, mas ele nos deu apenas 4, através do Programa Escola Digna. Eram para terem sido iniciadas ainda em 2016, mas por problemas burocráticos fomos informados que seriam construídas somente em 2017. Também, demos andamento nas obras paradas, da administração anterior. Como a Creche e a Quadra de Esporte do bairro São Francisco, as Quadras de Esporte das escolas: Princesa IsabelDiolinda Gusmão e Roseana Sarney, na Nova ConquistaÉ importante lembrarmos que a gestão anterior ‘sacou a primeira parcela dos recursos’ referente: as Quadras de Esporte do Bairro São Francisco Princesa Isabel, e da Creche, mas não executou nenhuma das obras. Fizemos todas as obras, até onde o dinheiro estava disponível. Então foi feio a mediçãofotografado e também feito a filmagem, das mesmas. Logo após, alimentamos o sistema junto ao FNDE. Atualmente, o município está aguardando as próximas parcelas que ficarão sob a responsabilidade da prefeita Josinha Cunha
Veja as fotos no Blog Luís Cardosohttp://luiscardoso.com.br/politica/2016/03/em-ritmo-acelerado-prefeitura-de-ze-doca-continua-realizando-obras-na-zona-rural-do-municipio/

 Quando assumimos esta gestão tínhamos apenas 01 ônibus escolar. Solicitamos 18, mas só liberaram 4Conquistamos ainda 112 aparelhos de ares-condicionados. Mas para pormos estes aparelhos, logicamente, precisávamos forrar as salas. Então, tivemos que buscar outro convênio com o Estado. Infelizmente não obtivemos êxito. Entretanto, estes aparelhos se encontram guardados e todos foram repassados para a atual gestão, através da Equipe de Transição.

5. Quais as benfeitorias o Sr. deixa na área social?
Na área social conseguimos  CRAS e CREAS, que já inauguramos e entregamos a população, na Vila Nova. É uma obra muito importante, pois existem profissionais que irão dar assistência para pessoas que vivem em vulnerabilidade social, como nossas criançasadolescentes, nossos idosos e também agirá contra todo tipo de violência contra as mulheres.
À esquerda o Prefeito Dr. Alberto junto a Secretária de Assistência Social Nazaré Costa e, ao lado, 
o Dep. Neto Evangelista - Secretário de Desenvolvimento Social do Maranhão











Conquistamos ainda, uma agência do INSS, com o apoio do Dep. Cleber Verde. Nessa fase final, não conseguimos entregar para a população, devido a mudança no Governo Federal, que atrasou a mobilha, equipamentos eletrônicos, como também, nomeação e pose dos servidores.
Fora isso, também conseguimos uma Caminhonete Ford Ranger /0 Km, para deslocamento dos profissionais da mesma.
6. Como se encontra hoje a cidade de Zé Doca, na parte de Infra Estrutura?
Conseguimos implantar 10 Km de asfalto em Zé Doca, nos bairros Vila BarrosoSão FranciscoVila NovaVila do Bec e Bairro Amorim.
Além disso, o Secretário Leal interligou todas as ruas do Bairro Amorim com bueiros e piçarras, que como sabemos eram intrafegáveis. Gostaríamos de termos colocado o asfalto, mas não houve recurso. Na região dos Cocais, iniciamos e concluímos a recuperação das estradas vicinais do Igarapé dos índiosBananalSão Benedito e Barraquinha.
Fizemos uma parte da estrada eixo, da região da Mata, como também ‘todas as pontes’ da região da Zona Rural, que quando assumimos, todas estavam danificadas. E fizemos a manutenção das mesmas no período do inverno, evitando a interrupção do tráfego até a sede.



Conseguimos através do INCRA, dois projetos no valor R$ 4.000.000,00. (quatro milhões).
Esse dinheiro está empenhado desde 2013 e será liberado nos próximos meses para a construção definitiva da maioria das estradas da região da mata, que compreendem a estrada que inicia na Rua da Fumaça, passando por Santana dos MachadosEbenéziaSanta LúciaParaíso do Sobral, até o povoado Fazenda Nova, na região da Nova Conquista.
7. Apesar das restrições no CAUC, como o Sr. fez para conseguir novas obras para Zé Doca?
Tivemos muitos parceiros, como os Deputados João Marcelo Pinto Itamaraty; do ex-ministro Gastão Vieira; do Senador João Alberto; do Dep. Cleber Verde Júnior Verde e, através deles conseguimos várias obras de infraestrutura para nossa cidade, como o novo Matadouro, os portais turísticos (de entrada e saída da cidade), duas praças. Uma no bairro Amorim e outra no bairro São Francisco, como também, conseguimos a primeira etapa da urbanização da Av. Stanley Fortes Batista, que infelizmente parte do recurso só foi liberado no último ano de nossa gestão e devido as restrições do período Eleitoral não foi possível iniciarmos estas obras.
Mas estou deixando os recursos nas contas dos convênios. Bem como a reforma e adequação da Praça do Comércio, que iniciamos, mas também, não foi possível concluir. Esperamos que a nova gestão conclua estas obras que conquistamos.
Além disso, conseguimos 12 poços artesianos com rede de distribuição de água, em parceria com a CODEVASF, sendo que seis já estão todos prontos. E os outros 6 serão perfurados posteriormente. Na Zona Rural, tivemos grandes avanços na parte da eletrificação rural. Conseguimos a expansão do programa Luz para Todos, com a parceria da Prefeitura, proporcionamos quase 100% de energia para os povoados. Inclusive a região do Maronato, que fica na divisa do nosso município com o estado do Pará, foi beneficiada.
8. Como Gestor, o que você tem a dizer para a nova Gestora?
Quero desejar para a próxima Gestora, muito sucesso e trabalho. E que eles consigam trazer mais benefícios para o povo de Zé Doca. É o que desejo do fundo do coração.
Gostaria de dizer que nessa administração, os erros que existiram eu assumo todos para mim! Eu não condeno ninguém! Não aponto o dedo para nenhum secretário! Mas que todos os erros que por ventura aconteceram, a culpa é única e exclusivamente minha. Mas os acertos, eu quero dividir com os secretários e todos aqueles que contribuíram nesta administração. 
9. O Sr. ainda estará servindo a população, como médico? 
Estou em Zé Doca a mais de 35 anos, trabalhando como médico. Eu entrei para a vida pública porque eu queria retribuir tudo o que minha cidade já fez por mim. Porque eu tive aquela ilusão que como gestor eu poderia ajudar mais as pessoas, bem mais que já ajudava no meu hospital. Mas logo eu descobrir, que como médico eu tenho mais condição de ajudar as pessoas. Porque depende do meu conhecimentoMas como gestor, eu tinha que depender das pessoas que eu indiquei para serem secretários. Depois dos políticos, como deputado estadual, federal, senador, governador, ministros, ou seja, você depende mais dos outros que de você mesmoEu gostaria de ter feito muito mais! Peço desculpas a todos os zedoquenses se não consegui realizar mais. Mas, não dependia só de mim, mas principalmente dos outros.
Nesses quatro anos como prefeito, nunca desrespeitei ninguém! Sempre tratei todo mundo com respeito. Nunca fui autoritário! [...] Não tenho mágoa, ódio e inveja contra ninguém. Creio que hoje continuo do mesmo jeito. E saio da Prefeitura praticamente com os mesmos bens que adquiri, antes de ser prefeito. Agora pretendo retornar a trabalhar no meu Hospital, na minha rotina de sempre. Quero agradecer ao povo de Zé Doca por ter me dado essa oportunidade de ter estado como seu prefeito. E, a partir do dia primeiro, estou voltando as minhas atividades como médio. E quando precisarem é só me procurar. Principalmente os mais pobres, mais simples e mais humildes, que é uma fatia maior da população que mais gosto e me identifico. 
Eu Alberto Carvalho desejo tudo de bom para nosso Zé Doca, como também para a próxima administração.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo