Prefeitura de Zé Doca dá calote em serventes e pedreiros que trabalham na escola Diolinda Gusmão


Recebemos denuncia que a prefeitura de Zé Doca, a cada dia vem dando mostras de ser uma administradora caloteira, ou seja, um mau pagador. Por conta disso, os serventes e pedreiros que trabalham na reforma da escola Diolinda Gusmão estão a mais de 16 dias sem receberem seus proventos. os mesmos são pagos na diária e a semanas estão sendo enrolados pelos seus contratantes .
"Aqui todo dia chega um trabalhador reclamando que não recebeu e ainda por cima ainda querem pagar com os chamados tícket's alimentação, O Trabalho é Temporário, Prestação de Serviços e Serviços Terceirizáveis da Escola Diolinda Gusmão. Segundo ele, todos são terceirizados trabalhamos no setor público, a maioria nas áreas de reforma das escolas do município". Disse o pedreiro que se sente lesado. 

Funcionários contratados, um total de 30, para parte da construção da ala masculina para a reforma da escola, entre eles carpinteiros, pedreiros não receberam os proventos. Segundo um dos funcionários, que não quis se identificar, a empresa terceirizada pela pela prefeitura nem mesmo o encarregado sabe qual é. Guerras e Araújo nome fictício dado pelo site aqui: não teria acertado os salários, E ainda de acordo com um dos funcionários da obra muitos foram contratados no começo de fevereiro, mas só na segunda quinzena saiu a primeira parcela “Estamos sem pagar nossas contas e não nos deram nenhuma justificativa, o telefone do representante sempre está desligado, e quando esperamos e vamos atrás eles pedem para esperar até a tardinha”, disse.

Tentamos entrar em contato com o dono da obra e também assessores, por telefone, mas estava desligado. Já um dos contratantes em resposta e contrariando a afirmativa do funcionário que diz não ter resposta da empresa, ela afirma que seus funcionários e subcontratadas estarão em dia, e que não vão deixar nenhum funcionário desamparado resolvendo o problema de pagamento das diárias de quem não recebeu.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo