Jovem é resgatada após 9h sendo mantida refém pelo ex-namorado

Jovem foi sequestrada por Cássio de Oliveira Silva na noite de terça-feira (27)

Uma jovem de 24 anos, que havia sido sequestrada pelo ex-namorado foi resgatada pela polícia na madrugada desta quarta-feira (28). Ela ficou por nove horas sob a mira de uma arma em uma suíte de motel de São Luís.

O sequestro teve inicio por volta de 20h desta terça-feira na Vila São José, em Paço do Lumiar. Ilza Cristina de Jesus Silva, 24 anos, estava chegando em casa com o atual namorado, quando foi surpreendida por Cássio de Oliveira Silva, 32 anos. Ele estava armado com um revólver e a obrigou a entrar no próprio carro, usado no sequestro.

O atual namorado chamou a polícia e as buscas pelo suspeito foram iniciadas com rondas ostensivas e uso da rede de videomonitoramento. No entanto, o paradeiro do suspeito foi descoberto durante a madrugada.

O local do cárcere foi localizado: Suíte 14 do Motel Le Baron (Suíte Sado), onde Cássio optou em manter a ex-namorada como refém sob constante ameaça. Após negociação com os policiais, Cássio resolveu entregar a arma, liberar a vítima e se entregar.

Suspeito adquiriu um revólver e foi até a casa da ex-namorada

Ao ser preso, o rapaz disse aos policiais que sequestrou e agrediu a jovem por não aceitar o término do relacionamento.

“Ele conviveu com ela por sete anos e não aceitava o fim de relacionamento. Ao saber que ela estava com outra pessoa ficou transtornado, adquiriu uma arma de fogo e cometeu o delito” afirmou o delegado Carlos Alberto Damasceno ao Blog do Michel Sousa.

Apesar das alegações, o jovem foi autuado em flagrante pelos crimes de sequestro e cárcere privado, porte ilegal de arma, ameaça de morte. “Ele vai ser autuado pelos crimes citados e se for condenado pode pegar até nove anos e meio de prisão”, explicou.

Vítima foi levada pelo ex-namorado no próprio carro

A vítima foi encaminhada a Delegacia do Maiobão, onde prestou depoimento e foi liberada logo em seguida. Cássio foi encaminhado para o Centro de Triagem de Pedrinhas, onde ficará a disposição da Justiça.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo