No interior do Maranhão," Prefeito Cangaceiro " manda recado e ameaças a Jornalistas

Se alguém tinha qualquer dúvida acerca do comportamento explosivo do atual gestor de Santa Luzia do Paruá, hoje (19), não tem mais. Em uma entrevista vinculada em uma rádio que presta serviços para a Prefeitura, o prefeito evitou assumir a responsabilidade pelo abandono do ônibus escolar quebrado abandonado sem vigilância há dias na comunidade Tatajubal (35 quilômetros da sede), ao invés disso fez questão de publicamente ameaçar jornalistas que denunciaram o fato. O que o prefeito esqueceu foi que a assessoria de comunicação da Prefeitura já tinha acesso as imagens nas primeiras horas da manhã e que a oposição só teve acesso às imagens após um grupo precisar comparecer a localidade por volta das 12h50 da tarde e conversar com o primeiro morador que visualizou a ocorrência. 
Prefeito de Santa Luzia do Paruá
Ainda visivelmente irritado pela vinculação e publicidade do caso dada pela TV Mirante em todo o Maranhão e pela exposição em diversos blogs no estado, o prefeito ousar fazer ameaças ainda que de forma indireta a todos os jornalistas que ousarem "não rezar sua cartilha". Em determinado momento da entrevista o prefeito se exalta e usa a chula expressão "blogueiro otário" para se referir ao jornalista que o denunciou pela omissão no caso, momento em que precisou ser contido por alguém dentro do estúdio que lhe aconselhou manter a calma. O prefeito e seus lacaios usaram o fato da entrevista para proferir ameaças e tentar a todo custo imputar levianamente aos denunciantes a ação incendiária inclusive incitando a comunidade do Tatajubal e lideranças politicas ligadas a ele na localidade. "Acabou dando pano pra manga"!.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo