Saiba quais temas têm maior chance de aparecer na redação do Enem


Na reta final de preparação para o Enem e para os principais vestibulares do país, uma das maiores expectativas entre os estudantes é quanto ao tema da redação. Cada prova tem características próprias, e é difícil dizer com precisão quais assuntos serão propostos. Ao mesmo tempo, é possível identificar alguns “estilos” de prova, o que sugere possíveis temas ou áreas de interesse que poderão ser abordadas.


No Enem, por exemplo, são comuns aparecerem problemas sociais ou que emanam de assuntos ligados ao governo e ao país, de maneira geral. A coordenadora de Português do Grupo Etapa, Simone Motta, cita ainda outros temas que são possíveis de aparecer no exame. Um deles é a superação pessoal, a capacidade do ser humano de se adaptar a situações negativas. “Exemplos de força e superação em vários níveis são assuntos que favorecem os Direitos Humanos, o que é perfil do Enem”, observa.

Outros temas que têm chance de aparecer no Exame:

Direito à cultura: em uma sociedade democrática, todos devem ter acesso à cultura.

Envelhecimento: a sociedade está aparelhada para amparar o envelhecimento da população?

Preconceitos: preconceito na publicidade, em relação a mulheres, grupos minoritários e diferenças de oportunidade. “Dentro desse tópico, um assunto interessante é o preconceito em relação aos nomes sociais. Entra aí a questão das escolhas de gênero”, explica Motta.

Novo conceito de família: a família no século XXI.

Uso de bebidas na adolescência: “Esse assunto, dos adolescentes que bebem, pode virar tema porque é um problema social, uma questão a ser resolvida”, explica Motta.

Vacinação infantil: “Tenho percebido que existem alguns problemas relacionados às campanhas de vacinação infantil como, por exemplo, boatos que surgem na internet e que fazem com que os pais não vacinem as crianças. Essa problemática tem tudo a ver com o Enem, pois é um tema de responsabilidade social e que requer soluções factíveis”, observa a professora.

E nos outros vestibulares?

De maneira geral, existem temas típicos que aparecem todos anos, em pelo menos algumas das provas de vestibular. A questão do meio ambiente pode entrar, por exemplo, atrelada ao aquecimento global e à saída dos Estados Unidos do Acordo de Paris. Além disso, formas alternativas de obtenção de energia, mobilidade urbana nas grandes cidades, crise de refugiados e radicalismo são outros temas recorrentes.

Fundação Vunesp: temas polêmicos

Responsável pelos vestibulares da Unesp e da Unifesp, a Fundação Vunesp costuma abordar temas polêmicos em suas redações. “Por exemplo, essa questão do envelhecimento tratada no Enem, apareceria nestes vestibulares com uma abordagem voltada para a questão da aposentadoria e das mudanças nas políticas públicas e governamentais”, compara Simone Motta, lembrando de outros temas que podem aparecer, como a crise da segurança pública e as novas propostas de regras para regulamentação do trabalho.

Fuvest: questões subjetivas

A Fuvest é uma prova que apresenta questões mais subjetivas. Em anos anteriores, a redação tratou de temas, como “utopia” e “menoridade do homem”, este último baseado em texto de Kant. “A Fuvest exige do aluno um texto atual, mas com uma visão pessoal. Não exige uma proposta, uma solução de problemas, como o Enem”, explica Motta.

Por esse motivo, é mais difícil prever um assunto a ser abordado, mas a professora lembra que neste ano houve a morte do filósofo polonês Zygmunt Bauman, e seus conceitos de liquidez aplicados à modernidade, entre outras possibilidades, talvez pudessem ser aproveitados pela Banca, de alguma forma.

Unicamp: duas propostas de redação

A Unicamp tem um formato diferente de redação: pede duas propostas no mesmo dia e no mesmo horário. Segundo Simone Motta, a filosofia da instituição é de que a redação tem que ser espontânea e sair do universo cotidiano do aluno. “Ela entende que o candidato, ao se preparar para uma prova, faz a leitura de jornais e revistas, inclusive dos editoriais, o que lhes permitiria, por exemplo, produzir esse tipo de texto, pois isto faria parte do universo deles”. Ela lembra, ainda, de outros vestibulares em que foram cobrados gêneros como editorial, carta ao leitor e verbete de enciclopédia eletrônica, por exemplo.

Curtiu nossas dicas? Fique ligado nas notícias para não perder nenhum assunto e ter mais chances de se dar bem na redação!

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo