Gilmar Mendes ameaça Bolsonaro e Lula

Presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes, afirmou nesta segunda-feira 11 que o ex-presidente Lula e o deputado Jair Bolsonaro podem não ser diplomados, caso eleitos, por cometer irregularidades durante a pré-campanha e que o tema deve voltar a ser debatido pela corte em fevereiro, após o recesso; "Aqui não há só essa pergunta sobre a legalidade. Há a pergunta também sobre o financiamento. Quem é que está financiando, e isso pode levar inclusive, depois, ao reconhecimento de abuso de poder econômico, que pode levar à própria cassação do diploma. É preciso ter muito cuidado com isso", afirmou Gilmar.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo