Flauberth Amaral: E o caso de suas terras surrupiadas em Zé Doca

Por Flauberth Amaral: Amigos, há tempos tem um assunto que muito me incomoda . Chegou ao ponto de precisar expor, pois, apesar de me sentir um cara forte ante a certas situações, está ficando intolerável, passando do suportável...Tá difícil...!!! Desde maio de 2016, invadiram alguns imóveis meus na cidade de Zé Doca , entre rural e urbano, sendo este último já reintegrado e posteriormente vendido - tem uma publicação minha no Facebook, mês de maio/16, referente a este assunto - e, pior que os gastos, e o desgaste emocional, profissional, financeiro, familiar...Este último, o que realmente acaba por enterrar um homem...

O porque de eu estar expondo isso, judiado que estou, acreditando na Justiça, lenta e burocrática, mas que uma hora chega?

Um professor, vejam bem UM PROFESSOR, de nome REGILSON SILVA SANTOS - vejam o perfil dele aqui no Facebook - concursado no município de Zé Doca, lotado na ESCOLA PRINCESA ISABEL, que tem, ou tinha, referência familiar no Povoado Quadro - acho que isso - LÍDER DA INVASÃO, de uma área de 40.000 metros quadrados , coisa de 130 lotes de 300 metros quadrados cada um, já considerados arruamento e área verde, valor venal interessante, entre o Fórum e o Hospital do Governo do Estado, na BR-316, anda a fazer reuniões e encontros, usando meu nome - como também buscando, perturbando pessoas minhas para que intercedessem junto a mim para desistir da Ação - falando aos quatro ventos, como também em reuniões com os invasores, como foi o caso dei uma realizada em uma casa em frente ao Restaurante Tradição, que eu havia apresentado uma proposta a ele. E eu pergunto: Que PROPOSTA, cara? Quando e onde eu sugeri, falei algo parecido com uma PROPOSTA???

Proposta, segundo a inventiva mente dele, de que eu venderia às pouco mais de 100 famílias de invasores, os imóveis invadidos, da seguinte forma: quem pudesse, bastaria pagar à vista R$ 3 mil e seria dono do lote; quem não puder, 100 parcelas de R$ 100,00. Kkkk. Parece até piada!!! Mas na verdade é uma MENTIRA!!!

Além de mentirosa, ABSURDA...!!!

Pior disso tudo , foi ele, e mais um outro, o qual não identifiquei , na tal reunião ainda pouco citada, a dizer que todo o dinheiro deveria se repassado a eles!!!.

Por qual motivo pedir dinheiro se eu não fiz acordo algum??? NÃO SE FAZ ACORDO COM INVASOR...

Mais triste ainda é saber que, das mais de 100 "casas" que lá estão, a primeira casa de TIJOLOS foi de um agora ex-amigo e, pior ainda, ex-aluno, que conjuntamente com outro irmão, e ex-aluno também, irmãos de um comerciante que tem um comércio alí perto da Construcenter - este sério - e me enrolaram de Janeiro a Março de 2016, dizendo que queriam me comprar um outro lote por R$ 60 mil. Tempo perdido! Preferiram invadir imóvel que tem dono, ESCRITURADO e REGISTRADO...!!!

Pra finalizar, dizer que impetrei quatro ações de REINTEGRAÇÃO E POSSE. Dessas, por se tratarem de quatro documentos referentes a quatro lotes que, juntos, formam toda a área invadida, a justiça já finalizou 02 onde reconhecem meu direito sobre a propriedade. Motivo do desespero do professor, pois percebeu que vão ser retirados da área e ele foi quem autorizou aos invasores que iniciassem a construção de casas de tijolos. Lá já tem umas trinta... Umas quatro bem grandes...E agora, como vai ficar se vou retirar tudo de lá? O que ele vai dizer pra esse povo? Como diz a canção : "E agora, José? José vai para onde?"...Ou melhor: E agora, REGILSON, vai para onde???

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo