CARUTAPERA: PROFESSORES DECRETAM ESTADO DE GREVE!

O caos no sistema educacional do município e o desrespeito por parte do Prefeito Municipal, André Dourado/PR, levaram os professores da Rede Munucipal de Ensino de Carutapera a decretar "Estado de Greve", em decorrência da falta de diálogo da gestão municipal com o Sindicato que representa a categoria SINTEP/CARU.
Em Assembleia nesta segunda-feira, 16/04, marcada por muito descontentamento, a categoria tomou a decisão para que as várias reivindicações dos professores sejam atendidas. 

Os professores sexigem que a Prefeitura cumpra o compromisso que foi acordado no Tribunal de Justiça do Maranhão em outubro de 2017, quando o município se comprometeu a reunir com a Diretoria do Sindicato para discutir o reajuste salarial da categoria para o ano de 2018.

Segundo o Sindicato, o Prefeito atraves dos seus auxiliares, se recusou a receber os oficios que solicitavam reunião para discutir o tema que envolve a questão salarial e outras reivindicações. 

E como demonstração de sua prepotência e a arrogância, o Prefeito André Dourado, mandou o Projeto de Lei à Câmara, reajustando em apenas 4% o salário da categoria, o que causou enorme descontentamento aos professores que prometeram reagir e pedir que o reajuste seja maior.

Segundo o Sindicato, os dados do FUNDEB indicam que Carutapera teve um reajuste de 22,03% em sua previsão anual, se comparada ao ano de 2017, onde a previsão que foi ajustada em julho/2017, passou de R$ 17.401.000,00 em 2017, para R$ 21.235,00. Um aumento de mais de R$ 3.800.000,00. E esse percentual apenas 4% de reajuste aos professores é vergonhoso.

A Assembleia, na tarde desta segunda-feira, (16), também fou marcada por duras críticas à gestão do Prefeito André Dourado/PR. Segundo membros da Diretoria, a administração municipal está mergulhada num lamaçal de fortes indícios de fraudes, superfaturamentos em contratos e licitações em quase todos os setores da Prefeitura de Carutapera, principalmente na área da educação.

Além da questão salarial, outras reivindicações fazem parte da pauta dos professores, como: Cumprimento do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração dos Professores, Reforma das escolas, Cumprimento dos 200 dias letivos para os alunos, que visam melhorar o caótuca quadro da educação em Carutapera.

Vamos aguardar os próximos passos porque certamente agora o Sindicato deve tentar novamente dialogar com a Prefeitura para que se tenha um entendimento e evite uma greve dos professores que parece ser iminente se nenhuma solução for encontrada para esse impasse.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo