Luto: morte envolvendo anã da novela pega todos de surpresa

A novela ‘’O Outro Lado do Paraíso’’ é um grande fenômeno de audiência em todo o país. [VIDEO] Atualmente, um dos grande destaques é a vilã Estela, interpretada pela atriz Juliana Caldas. A atriz ficou acostumada com a noite paulistana [VIDEO], mas para fazer esse importante papel em sua carreira, precisou mudar de estado. Atualmente, a celebridade mora só em um imóvel na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.

A região foi escolhida, pois fica próxima ao Projac, da Rede Globo de Televisão. O que ninguém sabia foi uma informação surpreendente que Juliana Caldas deu ao jornal carioca Extra e que envolve a morte de uma pessoa muito querida na vida da atriz.

Juliana Caldas, de 'O Outro Lado’, fala sobre o luto

Juliana tem até uma função importante na televisão, que é dar espaço aos anões, sem ser em tramas de comédia ou situações engraçadas. O que pouca gente sabia é que a atriz dividia a casa com o irmão. No entanto, para encarar esse trabalho, ela está tendo que ficar longe dele.

Além disso, Caldas tinha uma mãe, que perdeu muito cedo. Dona Mirian deixa a filha de luto até os dias de hoje. Lidar com a dor da perda não é uma tarefa fácil para ela.

No entanto, ao mesmo tempo em que a anã de ‘’O Outro Lado do Paraíso’’ surpreende ao dar a triste notícia de luto, ela também conta como é importante conseguir lutar contra os sentimentos ruins. A profissional da dramaturgia garante que, mesmo com a perda, faz de tudo para ser feliz. Mesmo estando em um mundo sem adaptação, ela garante que está conseguindo encarar essa situação.

Com novos companheiros na Cidade Maravilhosa (entre eles, os colegas de elenco da novela), Juliana lida com a saudade do irmão, Fernando, com quem dividia uma casa em São Paulo, e também da mãe, que morreu após adquirir um coágulo quando a atriz tinha 16 anos. Da dor da perda e os ensinamentos deixados por Dona Mirian, Juliana ficou com a lição de que é preciso ser feliz em um mundo que ainda não é adaptado para ela.
Atriz que faz anã da novela das nove mostra como é possível superar até a dor da morte

Sem a mãe, que morreu há 15 anos, Juliana teve que ter força dobrada para seguir sua vida de maneira independente. Ela conta que fez de tudo, como ser atendente de telemarketing. Ela também foi bancária, mas foi na profissão de atriz que ela acabou se encontrando. Na trama, a anã encena com grandes bonitões e sua trama gira no triângulo amoroso e no preconceito da mãe Sophia (Marieta Severo), que trata a herdeira como um verdadeiro monstro.

O pai da atriz é anão, e a mãe, tinha estatura normal, o que ensinou Juliana que o importante é o que a pessoa tem por dentro e não o exterior. Ela, no entanto, só viveu um amor

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo