Depois que POLÍTICO comprou vaga no Sampaio time desanda anda pior que o Vasco, precisamos é de menos azar

A demissão de Francisco Diá e de toda a comissão técnica do Sampaio após o início ruim no Campeonato Brasileiro Série B serviu apenas para a diretoria dar uma resposta aos torcedores que vinham criticando o técnico por conta dos últimos resultados.

Para tentar acalmar a torcida, a estratégia foi anunciar logo a demissão do treinador, mas isso deve servir para esconder a limitação do time do Sampaio. Se faltava técnico, digo mais faltava e continua faltando é time.

É claro que o time não é aquele que fracassou no Campeonato Maranhense, mas foi o primeiro sinal do que poderia acontecer mais adiante.

O Sampaio tentou repetir esse ano, a fórmula do ano passado quando teve um time bom e barato, mas vimos o nível baixo que foi a Série C.

O time foi foi bem na Copa do Brasil, mas enfrentou equipes tradicionais no futebol nacional, mas que vinham com campanhas irregulares.

Na Copa do Nordeste está nas quartas-de-final, mas somente agora vai ser testado pois vai enfrentar adversários mais qualificados.

Chegou na Série B e apesar dos reforços de última hora, o time não conseguiu um bom começo e só precisou de cinco rodadas para cair na Zona de rebaixamento.

Além de limitado, o elenco é fraco. O Sampaio perdeu o seu principal jogador para o Fortaleza e tem problema em todos os setores da equipe.

Não vai ser a contratação de um técnico “salvador da pátria” que vai resolver o problema sozinho. O Sampaio tem que fazer novo time, aliás fazer um bom time para que possa sair dessa situação incômoda e ainda bem que o clube tem recursos para isso.

Vamos esperar para saber quem será o novo técnico, mas lembro se não vierem bons jogadores a situação não vai mudar.

Foto: Lucas Almeida

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo