A 5 anos perdíamos o ícone da cultura de Zé Doca, EDVALDO SOUZA

Edvaldo Souza
Edvaldo Sousa faleceu na madrugada de sexta-feira, 24 de maio de 2013. Ex-secretário de cultura do Município de Zé Doca, considerado o ícone da cultura Zedoquense. Edvaldo Sousa teve um AVC (Acidente Vascular Cerebral) no último dia 16 na quinta-feira de maio de 2013, em sua residência. depois de sofrer um AVC, no inicio da doença, Edvaldo Souza foi hospitalizado em na cidade de Santa Inês, sem melhoras foi transferido para a capital aonde veio a falecer. Edvaldo Souza era filho da cidade de pedreiras, mais residia há vários anos em Zé Doca sendo considerado por muitos filho de Zé Doca, pelo carinho que tinha pela cidade, Edivaldo foi secretario de cultura por três mandatos, era um excelente promoter sendo requisitado até para organizar eventos em outras cidades, Naquela época o velório foi realizado na Casa Paroquial em Zé Doca pois o mesmo não teve as devidas condolências. 

Edvaldo souza foi meu amigo na cidade de Zé Doca. eu Naã Ramos Lira ainda no inicio das festas produzidas por ele apresentei festas, concursos, bandas e demais como arraiais por dois mandatos também fui sonoplasta do mesmo em 1998 na rádio que mais fez sucesso em Zé Doca, a Criativa FM. Na qual o mesmo fazia o programa DESTAK, logo depois juntamente com outros amigos como Osmar de oliveira trabalhamos na rádio alvorada, hoje de propriedade do sr. Constantino Neto, O mesmo foi um dos mentores do Teatro Experimental de Zé Doca, ponto de partida para uma luta pela conscientização política em nossa cidade, com destaque depois para as lutas de emancipação, criação do município de Zé Doca. O Teatro Experimental de Zé Doca foi onde e como tantos outros companheiros começaram a ver o mundo sob uma ótica crítica e adquiriram as noções básicas da política. Ao contrário de muitos e de outros, Edvaldo permaneceu apenas restrito ao seu trabalho cultural, se esquivando de ideologias, mesmo assim desenvolvendo um grande trabalho na promoção de eventos e sendo até agora um ícone da cultura Zedoquense. minha singela homenagem a ele Edvaldo Souza. por Naã Ramos lira

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo