Anvisa aprova registro de medicamento para tratar epilepsia

O produto é o Levetiracetam, um medicamento genérico inédito, que será comercializado em solução oral

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o registro de uma nova opção terapêutica para o tratamento da epilepsia. O produto é o Levetiracetam, medicamento genérico que será comercializado em solução oral. O remédio é indicado como monoterapia para o tratamento de crises parciais, com ou sem generalização secundária, em pacientes a partir dos 16 anos com diagnóstico recente de epilepsia. O medicamento também é indicado como terapia complementar no tratamento de crises parciais e está autorizado para uso durante crises mioclônicas em adultos e adolescentes a partir dos 12 anos. O Levetiracetam poderá ser usado ainda em situações de crises tônico-clônicas primárias generalizadas, em adultos e crianças com mais de 6 anos com epilepsia idiopática generalizada. “Para a Anvisa, a concessão de registro de um novo medicamento genérico é de extrema importância para ampliar o acesso da população a medicamentos com qualidade e com redução de custo”, informou a entidade, por meio de nota. Segundo a Sociedade Benecente Israelita Brasileira Albert Einstein, a epilepsia é uma condição neurológica bastante comum, acometendo aproximadamente uma em cada 100 pessoas.


Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo