Partido Verde pode punir Adriano Sarney por apoio a Bolsonaro

O Partido Verde (PV) orientou seus filiados a ficar longe da candidatura de Jair Bolsonaro (PSL) ao Palácio do Planalto.

Neto do ex-presidente José Sarney, o deputado estadual maranhense Adriano Sarney parece ignorar tal orientação. Declarou apoio ao capitão reformado do Exército. Será que o partido o punirá?

A família Sarney anda irritada com o PT por considerar que a legenda do ex-presidente Lula ficou durante ao ao lado do comunista Flávio Dino, vencedor das eleições para o governo do Maranhão. Dino derrotou Roseana Sarney.






Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo