Lei da Recompensa pagará de R$ 1 mil a R$ 30 mil; difícil é quem dedure os criminosos

Enquanto o governador do Ceará, Camilo Santana (foto abaixo), fez valer ontem à tarde a Lei da Recompensa, de dentro da prisão saiu a ordem para avançar nos ataques e até tocar fogo nos ônibus com pessoas no interior do coletivo, além de incendiar viaturas e casas de policiais.

O recado duro enviado pela bandidagem não fez o governo recuar no que as facções querem: a demissão do atual secretário de Administração Presidiária, a permanência da divisão territorial e mordomias como celulares e TVs.

Camilo Santana oferece entre R$ 1 mil até R$ 30 mil, de acordo com a relevância da denuncia, e garante sigilo absoluto. Também só pagará depois que for comprovada a verdade e a polícia executar a prisão ou prisões dos criminosos. Sem a verdade, nada feito.

O plano do governo, nesta época de crise, é atraente para quem quer garantir um dinheiro extra ou mesmo reservar o recurso para pagar débitos e garantir o carnaval. Porém, dificilmente um denunciante vai colocar em risco sua vida e dos familiares, apesar da garantia do sigilo total. E depois, como fica a segurança do denunciante?

De hoje, terça-feira dia 15 até sexta-feira dia 18 é provável que se tenha ideia se a campanha do governador vai funcionar ou não. Enquanto isso, os ataques não param.

Os telefones para as denúncias são: (85) 98969-0182 ou 181.




Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo