URGENTE: Polícia faz operação para prender quase todos os vereadores

Augustinópolis/TO – Nesta sexta-feira (25), a justiça emite mandado de prisão para dez (10) vereadores dos onze (11) que compõem a câmara municipal de Augustinopólis-TO. A Polícia investiga cobrança de propina para aprovar matérias enviadas pela prefeitura ao legislativo.

A Justiça determinou a prisão temporária de dez vereadores de Augustinópolis, na região norte do Tocantins. A Polícia Civil cumpre os mandados na manhã desta sexta-feira (25). Apenas o presidente da Câmara de Vereadores não teve a prisão decretada, mas está sendo levado para depor. Ao todo, a cidade tem 11 vereadores. A operação foi chamada de Perfídia e investiga a cobrança de propina para aprovar projetos enviados pela prefeitura da cidade.

Até às 7h30, sete vereadores foram presos e três são considerados foragidos. A operação é feita pela Polícia Civil e Ministério Público. São 14 mandados de busca e apreensão, dez de prisão temporária e três mandados de condução para depor.

Segundo a investigação, os vereadores cobravam propina para aprovar projetos enviados pela prefeitura. A suspeita é de que o esquema movimentava cerca de R$ 40 mil por mês.

Se essa moda pega, vários parlamentares irão se dar mal. #mamãe me acode! kkkk

Com informações do Blog Flávio Aires










Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo