Governador Flávio Dino já visitou mais ministros de Bolsonaro do que de Michel Temer

O governo Jair Bolsonaro (PSL) completou 50 dias na última segunda-feira (18). Tempo suficiente para o governo Flávio Dino (PCdoB) demonstrar a importância nacional que vem ganhando. Nesse curto período, o governo maranhense já visitou mais ministros do que durante os dois anos de mandato do ex-presidente Michel Temer (MDB).

Com reuniões marcadas para esta quarta-feira (20) com os ministros Ricardo Salles (Meio Ambiente) e Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento), o governo Dino chega à sétima visita à equipe ministerial de Bolsonaro. Durante os dois anos de Temer, o governo Dino estabeleceu apenas seis contatos com o Governo Federal. 

Foram quatro visitas lideradas pelo próprio Flávio Dino e outras três com Carlos Brandão (PRB) na função de governador em exercício. 

“Boa relação institucional”

Dino é uma das principais vozes de oposição ao governo Bolsonaro no plano nacional. Apesar do discurso antagônico, ele garantiu à Folha de São Paulo no início do ano, que manteria uma “relação institucional respeitosa” com o governo do pesselista, para alavancar investimentos para o Maranhão.

Ao tempo em que ganha às manchetes nacionais ao questionar a eficácia de decisões da gestão Bolsonaro, Dino vem conseguindo estabelecer diálogo saudável com a administração federal. O único governador comunista do Brasil manteve boa conversa até mesmo com o general Hamilton Mourão (PRTB), vice-presidente do Brasil e primeiro homem na linha de sucessão presidencial.







Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo