GOVERNO BOLSONARO: Ministro Paulo Guedes acaba de anunciar o fim dos R$1.292,43 BOLSA-BANDIDO o auxílio-reclusão!!

É realmente de deixar qualquer um indignado de ter que trabalhar para sustentar família de vagabundo, Saber que o salário mínimo é menor do que a bolsa que as famílias dos presos recebem é revoltante! mais isso tudo pode mudar ainda este mês!

O Ministro da economia, Paulo Guedes poderá anunciar a qualquer momento o fim do Bolsa-Bandido pago pelos governos anteriores, essa era uma promessa de campanha do Presidente Jair Bolsonaro!

"Não destinaremos recursos financeiros para o Auxílio-Reclusão que é um incentivo à criminalidade, temos que pensar primeiramente em nossas necessidades principais como saúde, educação e segurança, não queremos que o Brasil se aproximando cada vez mais do que acontece na Venezuela." afirmou.

Só nos seis primeiros meses de 2018, o governo gastou com dependentes de presos com contribuição prévia à Previdência Social (INSS) um total de R$ 840 milhões. O valor desembolsado neste período é quatro vezes o previsto para os gastos com o funcionamento das Instituições Federais de Educação Básica.

Enquanto o cidadão de bem que trabalha e paga seus impostos recebe R$ 998,00, Todo presidiário com filhos tem direito a uma bolsa que atualmente é de 1.292,43 para sustentar a família, já que o coitadinho não pode trabalhar para sustentar os filhos por estar preso.”

O presidente Jair Bolsonaro pretende colocar em prática medidas de privatização com os presídios brasileiros. A ideia adotada em muitas cadeias chinesas é colocar o preso para trabalhar. Todos os presidiários aptos a exercerem atividades laborais, exercem funções para ajudar a pagar os custos com eles mesmos na cadeia e com sua família.






Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo