Mais de 13 mil CPFs são cancelados por irregularidades no Maranhão

De acordo com a Receita Federal, cadastros foram desativados por suspeita de fraude.

ASuperintendência Regional da Receita Federal no Maranhão, informou que suspendeu por suspeita de fraude, mais de 13,2 mil Cadastros da Pessoa Física (CPF) em todo o estado. A ação foi realizada por meio de levantamento e cruzamento de dados, onde foram verificados operações atípicas nos cadastros.

De acordo com a Receita Federal, as primeiras investigações foram realizadas pela Divisão de Interação com o Cidadão (DIVIC) da 8ª Região Fiscal em São Paulo. Após a constatação de irregularidades, a pesquisa foi aprofundada nos estados do Maranhão, Ceará e Piauí.

Foram constatados durante o período de agosto de 2017 a agosto de 2018, que mais de 16 mil inscrições foram realizadas, das quais 13.271 tinham alguma característica de fraude.

Dentre as irregularidades, estavam a emissão de CPF’s fora do horário de expediente, intervalo de inscrições menor de três minutos, coincidência de endereços, de datas de nascimento, nome dos pais, além da presença de contribuintes com mais de 70 anos de idade, menores que 18, ou que tinham o mesmo nome da mãe com diferença de menos de nove meses de diferença de idade.

Segundo a Receita, os cadastros estavam sendo realizados pelo login de uma usuária do sistema localizado no interior do estado e que era ligada a uma entidade conveniada da Receita Federal. Com isso, a usuária do sistema foi desabilitada e as irregularidades foram comunicadas ao Ministério Público Federal (MPF) que deve tomar as providências judiciais.










Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo