Movimento PELA PAZ NO TRÂNSITO promete fechar BR 316 por 24 horas no carnaval em Zé Doca

O trânsito em Zé Doca vive tempos de uma guerra não declarada.  perdemos jovens, entes queridos de todas as idades por falta de  sinalização, quebra molas, sonorizadores, enfim todos as parafernálias que possam diminuir a velocidades dos carros, zé doca tem apenas três quebras molas os mesmos deficientes. sem pintura e sem sinalização, cidades como Araguanã e Newton Bello tem mais quebras molas que em Zé Doca. O movimento irá convocar as entidades, associações, PRF, DENIT, familiares que perderam entes queridos e autoridades do município para uma  reunião; como não tiveram exito no ultimo fechamento da BR desta vez será pra valer e as autoridades darão a resposta que Zé Doca precisa. 

Sabemos que pedestres, sejam crianças, portadores de deficiência, idosos ou pessoas não motorizadas são os mais vulneráveis. Os atropelamentos somam hoje mais de 60% das vítimas fatais no trânsito, resultado em grande parte do uso do álcool ao volante e de uma prática de excesso de velocidade, possibilitada por veículos que podem desenvolver velocidades acima das permitidas nas vias, ruas e estradas, em sua maioria mal sinalizadas e conservadas.

Definitivamente não são números. A frequência com que ocorrem acidentes em nossa cidade com vitimas somente faz crescer a quantidade de pessoas que se preocupam com este problema. Com tais números e frequência, a palavra "acidente" acaba soando falsa, escondendo fatos e efeitos de um sistema de mobilidade que mata necessariamente, mesmo sem premeditação, em larga escala.

Estamos em guerra e a saída é a PAZ NO TRANSITO. Neste sentido, este manifesto é mais do que um alerta. É um apelo para que a sociedade Zedoquense acorde e exija um basta. Se não mudarmos nosso modo de vida agora, nossos filhos e netos, as próximas gerações não terão nem mesmo um mundo para concertar. A mudança precisa acontecer agora.









Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo