Presa ex. pré.candidata a prefeita de Bom Jardim-MA, Edna Maria Andrade.

Presa hoje, terça-feira (26), a assessora jurídica da prefeitura de Cândido Mendes-MA e ex. pré candidata a prefeita de Bom Jardim-MA, Edna Maria Andrade, acusada de ser a mandante da morte do marido e ex-secretário de Saúde da mesma cidade em que é Assessora, Romerson Robson. Investigação da polícia concluiu que a advogada tinha um caso extra-conjugal com o prefeito de Cândido Mendes.

A prisão foi decretada pelo desembargador José Luis Almeida e será em caráter temporário. O marido dela, descobriu o romance da infiel com o prefeito e ameaçou espalhar as falcatruas da gestão municipal. No dia 21 de fevereiro de 2014, ele ainda chegou a ir a um povoado com o prefeito, a esposa e um assessor de nome Ney Moreira.

Romerson Robson assassinado em 2014

Na volta, o então secretário de Saúde voltou com o assessor dirigindo o carro do prefeito Mazinho Leite. Robson sofreu uma emboscada, sendo morto por vários tiros. O prefeito disse que ele era o alvo para embaraçar as investigações. Porém, a polícia concluiu que os tiros saíram de dentro do carro e que o matador foi Ney Moreira. No mês passado, o delegado Guilherme concluiu sobre o caso entre o prefeito e a assessora jurídica e que o crime foi tramado e pediu a prisão de Edna Maria.


Relembre a passagem de Edna em Bom Jardim-MA, a mesma trabalhava como advogada onde tinha escritório na cidade e cogitava ser candidata a prefeita nas eleições de 2012 pelo partido dos trabalhadores (PT) onde no dia 31 de maio daquele ano, segundo a mesma houve um atentado em sua residencia onde segundo a pré candidata afirmou na época que uma pessoa disparou contra ela dentro da residencia mais não conseguiu alveja-la.

Pouco tempo depois a mesma abriu mão da pré candidatura subindo no palanque adversário e declarando apoio ao outro grupo e deixando seu grupo a ver navio muitos boatos correram na cidade que a candidata se vendeu por uma boa quantia sabe-se que pouco tempo depois da politica ela foi embora da cidade de Bom Jardim-MA.

Relembre o caso:

Presa assessora jurídica suspeita de mandar matar o marido para ficar com o prefeito

Bom Jardim: pré-candidata à prefeita sofre atentado em casa
Ontem à noite, 31, a pré-candidata à Prefeitura de Bom Jardim, a advogada Edna Maria Cunha de Andrade, sofreu um atentado em sua própria residência.

Segundo informações, caso aconteceu, por volta das 21h, no município de Bom Jardim.

Em entrevista à rádio Mirante AM, a advogada relata que bateram na porta de sua casa e pedi para que a minha funcionária fosse atender a pessoa.

“Ela retornou dizendo que um homem estaria procurando por mim. Quando cheguei para falar com ele, o mesmo se identificou apenas como Antônio e perguntou se eu era a doutora Edna. E ao dizer quem sim, ele colocou a mão no bolso da calça e sacou de um revólver e disparou quatro tiros contra a mim. Eu desconfiei da atitude dele e me consegui escapar dos tiros me protegendo em uma coluna da casa. Os meus parentes que estavam dentro de casa ficaram desesperadas e gritaram por socorra. A pessoa que atirou contra mim correu e pegou a garupa de uma moto”, esclareceu.

A polícia, que teve na casa da pré-candidata, já tomou as devidas providências para identificar e prender o responsável pelo atentado.

Edna Andrade disse estar surpresa com o atentado, pois garantiu não ter inimigos. Testemunhas comentaram que um veículo Citröen foi visto parado logo cedo nas proximidades da advogada.

A pré-candidata trabalhou no Sindicato dos Bancários do Estado do Maranhão e atualmente é pré-candidata à prefeitura de Bom Jardim pelo PT. (Com informações do Imirante)







Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo