Dono de empresa que ganhou dinheiro da CEF e não fez obras em cidades é nomeado superintendente do Incra-MA

O empresário Mauro Rogério Maranhão Pinto foi nomeado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, como superintendente do Incra no Maranhão em substituição a George de Melo Aragão. Mauro Rogério é dono da empresa Hidraelle, que foi contratada por diversas prefeituras maranhenses conveniadas com a Caixa Econômica Federal para a execução de serviços de esgotos e não conseguiu concluir as obras, mas levou o dinheiro.

Os convênios foram todos bancados pelo Governo Federal através de seus órgãos, como em Arari pela Funasa, Santa Inês com o Ministério das Cidades, Miranda do Norte pela Funasa, e Bacabal com o Ministério das Cidades. Neste último caso, a Comissão de Obras da Assembleia Legislativa foi até Bacabal para inspecionar a obra que foi entregue inconclusa.

O que causa surpresa, além da nomeação de Mauro Rogério pela Presidência da República para a Superintendência do Incra no Maranhão, foi os olhos cegos da Caixa Econômica liberar recursos sem a devida fiscalização das obras.

Blog do Luis Cardoso

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo