Prefeito de Governador Nunes Freire Manda demitir servidora da educação que cobrou salários atrasados

Os servidores contratados da Prefeitura de Governador Nunes Freires que usaram as redes sociais para denunciar e cobrar do município o pagamento de seus salários. Há deles com até quatro meses sem receber.

Por conta disso essas pessoas também ameaçavam cruzar os braços se nada fosse feito, mas, no entanto, para a surpresa desagradável de alguns, o prefeito Idalécio Vieira escolheu a pior alternativa, ou seja, ao invés de honrar com o compromisso, determinou que a Secretaria de Educação demitisse os revoltosos, a exemplo de Maria Roseane Oliveira Maramaldo, Auxiliar Operacional de Serviços Diversos (Aosd), lotada na Escola de Ensino Fundamental Santo Antonio, localizado no povoado Santo Antonio, zona rural.


O ato foi assinado pelo secretário Joel de Sousa.


A represália por parte do poder público municipal é injusta, claramente intimidatória, e tem como objetivo principal aterrorizar a categoria que tem um sindicato que a representa, porém, se mantém inerte até o momento, diferente do que ocorria em gestões anteriores quando, inclusive, promoveu manifestações.

O portal nunesfreirense.com.br intensificará a vigilância neste sentido e se coloca à disposição do cidadão e das cidadãs que se julgarem prejudicados e/ou perseguidos por aqueles que deveriam fazer as vezes de porta-vozes da população, e não algozes.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo