Sindicato dos pescadores inaugurou novas instalações e homenageia o zedoquense Joaquim Liberato

O Sindicato dos pescadores de Zé Doca localizada na Rua Icatu n 398 no bairro Vila Barroso está cada dia mais dinâmico e interativo. Atual sem perder a essência. O novo projeto arquitetônico da entidade reflete bem isso. No dia 8 de Novembro, às 8h, da manhã foi inaugurado o novo espaço de convivência, com um coquetel e presença marcante do cantor de voz e violão Lucíus Saulo. 

Após muitos anos sem uma repaginada, a fachada do Sindicato ganha uma nova cara, muito mais moderna. A recepção também está melhor equipada. Muito mais conforto e segurança para os associados.

A grande novidade da sede, é o café quentinho de todo o dia, ótima opção para um bate papo. Sem contar com o Espaço Cultural, que será utilizado para diversas atividades artístico-culturais. 

Para animar o dia, um coquetel musical com a apresentação do cantor Lucíus Saulo & Banda, que investe na fusão do MPB e BREGA entre outros ritmos do Brasil. Vale a pena conferir. 

Essas ações integram o processo de inovação da sede e da estrutura do sindicato. 
O Sindicato em ação é isso: a busca pelo melhor atendimento.

Presidente do Sindicato Lucia Sampaio
A presidente do Sindicato Lucia Sampaio, em seu discurso, afirmou que se sente em casa quando está no Sindicato. Eu sei a importância deste movimento na defesa não somente da categoria, mas na defesa de uma sociedade mais justa, mais igualitária e mais humana. Felizmente, há muitos anos os sindicatos conseguiram romper com aquela visão mais corporativa, no mau sentido, de olhar somente para o seu umbigo. Naturalmente sabemos que é justo e legítimo que o sindicato tenha que lutar pelos interesses de sua categoria. Mas o sindicato que não compreende que sua categoria deve ser vista de uma forma ampla - com seus familiares em vivência na sua cidade e com inter-relações muito fortes- não compreende a essência do trabalhador. Olha o trabalhador apenas como empregado e o trabalhador é mais do que isso", definiu. E complementou: "Parabéns e parabéns a toda a população que ganha com o novo espaço muito qualificado na cidade de Zé Doca.

Auditório Joaquim Liberato
Irmão Nego, secretário geral do Sindicato, parabenizou a diretoria, destacou que trouxe um abraço a todos os filiados à Força Sindical. "Nos sentimos orgulhosos de ver os trabalhadores tendo um espaço para descanso, para se atualizar e se informar. Vida longa ao Sindicato, vida longa à direção do sindicato e que esse espaço seja ampliado sempre", festejou.

Sharles Silva, transmitiu o abraço do presidente da estadual dos pescadores via áudio mandado via wattsap, o mesmo saudou aos sindicalistas, "Essa evolução é uma vitória muito grande. com essas instalações adequadas nos orgulha muito, ainda mais em ser parceiro do Sindicato", ressaltou.

O irmão Preto, deu a sua bênção ao sindicato em sua oração, ação que se seguiu em bençãos a todos, "Saudamos e abençoamos todas as pessoa presentes nesta celebração de alegria e que está ligada com união, daí vem simpatia, união de entendimentos de entidades; sincronia, união do tempo; sindicato, união de pessoas, grupos. Então este é o lugar em que existe simpatia, existe união, existe fraternidade e aqui está a presença de Deus, e onde existe Deus existe paz, alegria e esperança", disse.

Flavia Liberato em seus agradecimentos
O auditório do Sindicato recebeu o nome do primeiro sindicalizado (Joaquim Liberato) a denominação oficial de Auditório. A iniciativa da diretoria em homenagear esse grande homem ilustre de nossa cidade Joaquim Liberato que faleceu por problemas do covid, foi uma homenagem singela e de grande estima aos familiares.  A cerimônia contou com a participação da Esposa filhas e filho do homenageado e demais familiares, os mesmos se sentiram muitos felizes por essa grande homenagem. 

Estiveram presentes ainda representantes varias representantes do Sindicato como o importantíssimo membro da equipe Fernando Sampaio.














































Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo