Butantan não garante eficácia da Coronavac em idosos

Pessoa segura caixa da Coronavac, vacina contra a Covid-19, em frente à sede do Instituto Butantan em São Paulo. — Foto: Aloisio Mauricio/Estadão Conteúdo

Motivada pela falta de dados em idosos, a comissão de vacinação alemã afirmou, nesta quinta-feira (28), que recomenda a vacina contra Covid-19 do laboratório britânico AstraZeneca unicamente para pessoas com menos de 65 anos.

Já sobre a CoronaVac, vacina contra Covid-19 do laboratório chinês Sinovac que está sendo testada e envasada no Brasil, o Intituto Butantan afirmou não tem a confirmação sobre a segurança e eficácia da vacina para essa faixa etária. Os estudos foram feitos com voluntários de 18 a 59 anos. O recorte para idosos será feito só na próxima fase de estudos, apurou a CNN Brasil.

Confira abaixo:


Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo