Flávio Brandão não quer perder os bilhões, Mas onze Estados aceitam reduzir o ICMS do combustível


O Supremo Tribunal Federal, por decisão do ministro André Mendonça, determinou a cobrança uniforme das alíquotas do ICMS sobre os combustíveis e bens essenciais para reduzir os preços dos produtos. Onze estados já estão cumprindo e a gasolina baixounasbombas. Carlos Brandão e Flávio Dino Mas aqui no Maranhão, muito antes de reassumir o cargo, o governador Carlos Brandão já não aceitava baixar os preços e perder os bilhões que servem para muitas coisas, como ele alega; menos para combater fome e a miséria em nosso estado.

O anúncio da redução foi feito na tarde desta sexta-feira pelos governadores de pelos 11 estados brasileiros. Entre eles, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Santa Catarina e São Paulo. A dupla sempre bateu de frente com o presidente Jair Bolsonaro quando falava na redução dos impostos para ajudar a população. Bolsonaro fez eliminar a cobrança federal. Mas aqui no Maranhão, ao que parece, Brandão e Dino irão manter a própria lei.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo