Morre um dos maiores pistoleiros do Nordeste

José Enílson Couras à esquerda Foto: Reprodução Internet
José Enilson Couras era conhecido como Courinhas e primo do ex-coronel Correia Lima. Segundo reportagem da Mais FM Iguatu, Courinhas morreu na região do Cariri, no Ceará, aos 70 anos, e a causa seria insuficiência renal.

Courinhas é conhecido no Nordeste por cometer mais de uma centena de crimes de homicídio.

O pistoleiro já teria matado pelo menos 100 pessoas e, entre as vítimas, estaria Honório Cabo Honório, que seria integrante do crime organizado do Piauí e morto por queima de arquivo ex-coronel José Viriato Correia Lima e o tio Sinval Correia Braga, que teria feito seguros de vida tendo ele como beneficiário.

Courinhas também esteve envolvido no escândalo internacional que veio a público em 17 de 1999, que culminou com a prisão do primo, o coronel José Viriato Correia Lima, acusado de integrar o organizado no Piauí, com ramificações em todo o Nordeste.

Courinhas ficou conhecido como o braço armado de Correia Lima, acusado de matar prefeitos, empresários e policiais. No Piauí, o crime do qual é acusado e que chamou mais atenção da sociedade é o do engenheiro da antiga Telemar, José Ferreira Castelo Branco, o Castelinho, em janeiro de 2000, na zona Leste de Teresina.

Courinhas teria sido o autor do disparo que matou a vítima, a mando do ex-coronel Copara receber seguro de vida.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo