Bolsonaro “aceita Jesus” em culto no Palácio do Planalto

Mais de 600 pastores e líderes se reuniram em culto de ações de graças.

Em culto de ação de graças alusivo ao Natal realizado no Palácio do Planalto, o presidente Jair Messias Bolsonaro declarou publicamente aceitar Jesus.

A primeira-dama, Michelle Bolsonaro, é evangélica da Igreja Batista Plenitude e Bolsonaro, mesmo católico, sempre teve um bom relacionamento com líderes evangélicos.

Na celebração, promovida pela Frente Parlamentar Evangélica, vários ministros de Estado e mais de 600 pastores e líderes evangélicos entoaram hinos cristãos e fizeram orações pelo Brasil.

Culto de Ação de graças no Palácio do Planalto. (Foto: Isac Nóbrega / PR)

Em sua fala, o presidente afirmou que pode “ser o chefe mais importante da República, mas o ‘homem’ do Brasil é Jesus” e relacionou o tempo de sua vida parlamentar com a vida de Jacó.

Também afirmou estar honrado em participar daquela reunião e fez questão de declarar publicamente que estava aceitando Jesus “naquela casa” – o Palácio do Planalto.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo