Menores que enterraram criança viva, foram pegos e transferidos para São Luís


Os dois menores acusados de um crime que chocou os moradores de Turiaçu na noite de terça-feira (29) dezembro, causando tristeza, pânico e muita revolta foram transferidos para São Luís nas primeiras horas da manhã de hoje segunda-feira (04). O s menores foram acompanhados por uma equipe da 5ª Delegacia Regional de Pinheiro e entregues no Instituto Canaã.

A proposta de Internação Provisória da Fundação tem como finalidade atender adolescentes do sexo masculino e feminino entre 12 a 18 anos incompletos, sob medida de Internação Provisória, cujo prazo máximo legal é de 45 (quarenta e cinco) dias, propiciando aos mesmos informações e orientações relativas à responsabilização de seus atos, sua cidadania, bem como a garantia dos direitos fundamentais.

O procedimento metodológico desta medida consiste na participação obrigatória dos adolescentes nas atividades pedagógicas (parágrafo único do art. 123 do Estatuto da Criança e do Adolescente)

RELEMBRE O CASO

A vítima, Mizael Silva dos Santos de 03 anos, morreu após ser enterrado com vida na rua nova Rua Nova, Bairro Canário.

Por volta das 19:50 hs, a senhora Raniele, mãe de Mizael, procurou a guarnição falando que o seu filho estava desaparecido, de imediato a policia militar se deslocou até a casa da vítima onde juntamente com populares começaram a procurar pela criança, e por volta por volta das 20:30h, a criança foi encontrada a aproximadamente 200 metros de sua residência enterrado ainda apresentando sinais vitais.

Da Redação.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo