Prefeitura de Zé Doca esclarece: nenhum Zedoquense tomou vacina vencida contra covid-19

A Secretaria da Saúde, e a Prefeitura de Zé Doca esclareceu não ter ocorrido na cidade a vacinação com doses vencidas de vacinas contra covid-19. 
A dúvida envolvendo a imunização com lotes de vacinas do imunizante AstraZeneca foi gerada após reportagem com informações equivocadas da Folha de S. Paulo, veiculada na manhã da última sexta-feira, com o seguinte título: “Milhares no Brasil tomaram vacina vencida contra covid; veja se você é um deles”.

“A população pode ficar tranquila. Não há tempo de vencer a vacina, que tem no mínimo quatro meses de validade. Em poucos dias, a logística da vacina capacita a chegada dela até Zé Doca, que tem muita eficiência no processo de aplicação do imunizante, e aqui nunca armazenamos vacinas, estamos vacinando diária e ininterruptamente”, disse a Prefeita Josinha Cunha.

A secretária de saúde Isaura Macedo, ressaltou o compromisso de agir com muita celeridade em assuntos que envolvam o enfrentamento da covid-19 no município, por isso a necessidade de ter convidado a imprensa para prestar esclarecimentos imediatamente após a publicação da reportagem e a constatação de que havia informação equivocada sobre a vacinação em Zé Doca.  “Não existe a menor possibilidade de algum zedoquense ter tomado vacina vencida contra covid-19”, comentou.

ENTENDA O CASO - A reportagem da Folha de S. Paulo cita oito lotes de vacinas contra covid-19 e que teriam sido aplicados na população, em diversas cidades Brasileiras, após a data de validade, fato que não se confirmou, pelo menos aqui em Zé Doca. Deste total, vários lotes realmente foram aplicados na população de Zé Doca, mas antes da data da validade. “Todas as doses recebidas foram aplicadas antes do vencimento, e vale ressaltar que o sistema do Ministério da Saúde jamais aceita notificações de vacinas com vencimentos, pois o mesmo requer atualizações diárias sobre as vacinas aplicadas e com urgência. 

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo