Dino e o hábito de ‘escorraçar’ Prefeitas

O emblemático episódio da descortesia cometida pelo governador do Maranhão, Flávio Dino, que teve como vítima a prefeita Belezinha, de Chapadinha, no último dia 9, não é o primeiro. Dino foi desrespeitoso, tentando humilhar Belezinha por ela ter feito críticas recentes ao seu governo. Acontecimento semelhante, ocorrido em 2015, contra a Maura Jorge, prefeita de Lago da Pedra, confirma o gosto do governador por constranger prefeitas.


Durante evento de governo na cidade, Flávio Dino simplesmente não deixou que Maura Jorge se manifestasse. A prefeita, em atitude louvável e simbólica, deixou o palanque, dando todo o espaço ao mandatário do Estado. “Infelizmente, o governador não ouviu a voz do povo e foi ouvir a voz de meia dúzia, que não entende o que é democracia e o papel do Executivo no município. Só queríamos dar as boas-vindas ao governador. Apenas isso”, disse à época.


Maura Jorge ficou bastante constrangida, mas, teve todo apoio da população, que a seguiu em caminhada pelas ruas da cidade após o episódio.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo