Ex-presidiário por corrupção fará parte da equipe do Governo Brandão


Carlos Brandão e Zé Reinaldo

O próximo governador do Maranhão terá como simbolo na sua nova equipe de governo um ex-presidiário por corrupção com dinheiro dos cofres públicos do Estado.

O (ainda) vice-governador Carlos Brandão, que irá assumir o governo neste sábado (2), quando o governador Flávio Dino irá se descompatibilizar para disputar vaga ao Senado, irá nomear na equipe de secretariado o ex-governador José Reinaldo Tavares.

Zé Reinaldo já foi preso pela Polícia Federal durante a famosa Operação “Navalha”. Ele foi acusado pelos federais de participação em licitações irregulares no caso das “Estradas Fantasmas” durante seu mandato.

Na época, a operação teve como objetivo de desmontar um esquema de fraude em licitações e desvio de recursos públicos federais destinados a obras públicas, incluindo as do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Após anos afastado do governo, o ex-presidário agora vai retornar comandando a Secretaria de Indústria e Comércio. Além de secretário, Tavares ainda será um conselheiro do novo governador, que irá concorrer à reeleição.

A entrada de Zé Reinaldo Tavares mostra o modelo que o novo governo irá administrar o Maranhão.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo